quarta-feira, 30 de abril de 2014

SESSÃO SAUDADE - OLNEY CAZARRÉ

A Sessão Saudade de hoje homenageia o comediante, dublador e ator Olney Cazarré.
Como dublador, celebrizou-se, principalmente, por representar o personagem de desenhos animados Pica-Pau. Já como humorista, seu personagem mais famoso foi “o corinthiano fanático” da Escolinha do Professor Raimundo. Por fim, trabalhando como ator, atuou em produções da Rede Tupi e da Rede Globo.
Obrigado, Olney Cazarré, por ter emprestado sua voz e seu corpo para, com talento, nos divertir!
Descanse em paz!
Para saber mais sobre esse artista, favor consultar: http://www.museudatv.com.br/biografias/Olney%20Cazarre.htm.
Com o objetivo de homenageá-lo, reproduzimos abaixo dois vídeos. No primeiro, veremos sua atuação na pele do personagem João Bacurinho, da Escolinha do Professor Raimundo; enquanto que, no segundo, assistiremos um desenho do Pica-Pau em que atua como dublador.

PRIMEIRO VÍDEO

video

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=zmIv7k46xBk

SEGUNDO VÍDEO

video

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=eZiFSpGs3ms

SESSÃO HUMOR

O sujeito estava no bar e próximo a ele um bêbado dormia numa mesa. De vinte em vinte minutos o dono do bar chegava no bêbado, dava uma chacoalhada no infeliz e gritava:
- Acorda!
Depois da terceira ou quarta vez, o cara não aguentou e chamou o dono:
- Porque você está acordando o cara e deixando-o continuar na mesa?
O dono respondeu:
- Não é nada pessoal, não. É que o cara, além de ser chato, paga a conta toda vez que eu o acordo.

Fonte: http://www.piadasnet.com/piada165bebados.htm.

terça-feira, 29 de abril de 2014

PRONUNCIAMENTO - PEDIDO DE DESCULPAS - AUTOR: SEGREDO

Olá, amigos.

Venho através deste pronunciamento, pedir desculpa a todos os leitores da novela Segredos pelo ocorrido.
Devido a problemas que tive em meu computador e por causa de várias burocracias que tive de enfrentar, houve uma grande demora e, por conta disso, a novela Segredos não teve o seu último capítulo exibido.
Para que os leitores não fiquem prejudicados, a novela voltará a ser exibida.
Ela terá 16 capítulos que serão exibidos todas as quartas, a partir do dia 14 de maio.

Obrigado a todos pela atenção.

SESSÃO REMAKE MUSICAL - AI QUEM ME DERA - MAYTÊ CORRÊA

A canção “Ai Quem me Dera”, que teve como uma das intérpretes Clara Nunes, é apresentada no vídeo abaixo por Maytê Corrêa.
Para ouvir a versão de Clara Nunes, favor acessar: http://biscoitocafeenovela.blogspot.com.br/2014/04/sessao-tunel-do-tempo-musical-ai-quem.html.
Boa diversão!

video

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=jKGiYwV37oo

LETRA

AI QUEM ME DERA

Ai quem me dera terminasse a espera
Retornasse o canto, simples e sem fim
E ouvindo o canto, se chorasse tanto
Que do mundo o pranto se estancasse enfim

Ai quem me dera ver morrer a fera
Ver nascer o anjo, ver brotar a flor
Ai quem me dera uma manhã feliz
Ai quem me dera uma estação de amor

Ah se as pessoas se tornassem boas
E cantassem loas e tivessem paz
E pelas ruas se abraçassem nuas
E duas a duas fossem ser casais

Ai quem me dera o som de madrigais
Ver todo mundo para sempre afim
E a liberdade nunca ser demais
E não haver mais solidão ruim

Ai quem me dera ouvir um nunca mais
Dizer que a vida vai ser sempre assim
E finda a espera
Ouvir na primavera
Alguém chamar por mim

Ai quem me dera o som de madrigais
Ver todo mundo para sempre afim
E a liberdade nunca ser demais
E não haver mais solidão ruim

Ai quem me dera ouvir um nunca mais
Dizer que a vida vai ser sempre assim
E finda a espera
Ouvir na primavera
Alguém chamar por mim

Fonte: http://letras.mus.br/clara-nunes/264169/

SESSÃO TÚNEL DO TEMPO MUSICAL - AI QUEM ME DERA - CLARA NUNES

A canção “Ai Quem me Dera”, interpretada por Clara Nunes, fez parte da trilha sonora de duas telenovelas. Primeiro, entrou na trilha de Um Sol Maior, novela apresentada pela Rede Tupi no horário das 20h de 2 de maio a 22 de outubro de 1977. Depois, foi tema musical de Sinhá Moça, apresentada pela Rede Globo no horário das 18h de 28 de abril a 15 de novembro de 1986.
Para saber mais sobre essas novelas, favor acessar: www.teledramaturgia.com.br/tele/umsolmaior.asp e www.teledramaturgia.com.br/tele/sinha86.asp‎.
Boa diversão!

video


LETRA

AI QUEM ME DERA

Ai quem me dera terminasse a espera
Retornasse o canto, simples e sem fim
E ouvindo o canto, se chorasse tanto
Que do mundo o pranto se estancasse enfim

Ai quem me dera ver morrer a fera
Ver nascer o anjo, ver brotar a flor
Ai quem me dera uma manhã feliz
Ai quem me dera uma estação de amor

Ah se as pessoas se tornassem boas
E cantassem loas e tivessem paz
E pelas ruas se abraçassem nuas
E duas a duas fossem ser casais

Ai quem me dera o som de madrigais
Ver todo mundo para sempre afim
E a liberdade nunca ser demais
E não haver mais solidão ruim

Ai quem me dera ouvir um nunca mais
Dizer que a vida vai ser sempre assim
E finda a espera
Ouvir na primavera
Alguém chamar por mim

Ai quem me dera o som de madrigais
Ver todo mundo para sempre afim
E a liberdade nunca ser demais
E não haver mais solidão ruim

Ai quem me dera ouvir um nunca mais
Dizer que a vida vai ser sempre assim
E finda a espera
Ouvir na primavera
Alguém chamar por mim

Fonte: http://letras.mus.br/clara-nunes/264169/

segunda-feira, 28 de abril de 2014

SESSÃO RETRÔ - VARIEDADES - ESPECIAL - TARCÍSIO MEIRA - SEGUNDA PARTE

A reportagem abaixo pertence à revista Cartaz - Especial nr. 3, publicada, provavelmente, em março de 1972.
Para ler esta ou outra matéria em tamanho maior, caso use o Explorer ou Chrome, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir link em uma nova guia". Na nova guia, clique com o botão esquerdo do mouse e, pronto, terá acesso a uma ampliação da página. Caso o navegador seja o Firefox, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir em nova aba". Em seguida, proceda como no caso dos dois outros navegadores citados.
Boa leitura!





SESSÃO RETRÔ - NOVELAS - O SEMIDEUS - VIGÉSIMA QUARTA PARTE

Estamos publicando uma série de matérias sobre a novela O Semideus, apresentada pela Rede Globo no horário das 20h de 22 de agosto de 1973 a 7 de maio de 1974. Elas foram publicadas no Álbum de O Semideus – Edição Especial de Amiga de 07 de maio de 1974.
Para saber mais sobre essa novela, favor consultar: www.teledramaturgia.com.br/tele/semideus.asp
Estamos apresentando, agora, a “novela da novela”, isto é, um resumo do enredo.
Na semana que vem tem a continuação.
Acompanhem!
Para ler esta ou outra matéria em tamanho maior, caso use o Explorer ou Chrome, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir link em uma nova guia". Na nova guia, clique com o botão esquerdo do mouse e, pronto, terá acesso a uma ampliação da página. Caso o navegador seja o Firefox, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir em nova aba". Em seguida, proceda como no caso dos dois outros navegadores citados.
Boa leitura e um abraço ao amigo Césio Vital Gaudereto que cobrou essa matéria!



sábado, 26 de abril de 2014

PARA MEDITAR



SESSÃO FOTONOVELA - A VIDA ME ENSINOU A AMAR

A fotonovela abaixo pertence à revista Ilusão nr. 353, publicada em 19/09/80.
Para ler esta ou outra matéria em tamanho maior, caso use o Explorer ou Chrome, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir link em uma nova guia". Na nova guia, clique com o botão esquerdo do mouse e, pronto, terá acesso a uma ampliação da página. Caso o navegador seja o Firefox, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir em nova aba". Em seguida, proceda como no caso dos dois outros navegadores citados.
Boa leitura!












sexta-feira, 25 de abril de 2014

SESSÃO CAPAS E PÔSTERES

A capa abaixo pertence à revista Ilusão nr. 353, publicada em 19/09/80.
Já o pôster à revista Amiga TV Tudo – Especial Álbum de Ouro de agosto de 1975.
Boa diversão!



SESSÃO FOTO QUIZ

A foto da semana passada é de Sérgio Malandro.
Agora tentem descobrir quem é o garoto da foto.
Eis algumas dicas:
1) Esse famoso ator nasceu no interior de São Paulo no ano de 1989.
2) Sua primeira telenovela foi Ti Ti Ti, na Rede Globo, no ano de 2010.
3) É dono de um restaurante em São Paulo.
Boa diversão!


quinta-feira, 24 de abril de 2014

SESSÃO LEITURA - VOZ INTERIOR - BASTOS TIGRE

O poema que apresentamos abaixo é da autoria de Bastos Tigre.
Para saber mais sobre o autor, favor consultar: http://www.infolegis.com.br/bastostigre.htm.
Boa leitura!

VOZ INTERIOR

Quem sou eu? De onde venho e onde, acaso, me leva
o Destino fatal que os meus passos conduz?
 Ora sigo, a tatear, mergulhado na treva,
 ou tateio, indeciso, ofuscado de luz.

Grão, no campo da Vida onde a morte se ceva?
Semente que apodrece e não se reproduz?
De onde vim? Da monera? Ou do beijo de Eva?
E aonde vou, gemendo, a sangrar os pés nus?

Nessa esfinge da Vida a verdade se esconde;
o espírito concentro e consulto a razão
e uma voz interior sincera, me responde:

"- Quem és tu? Operário honesto da nação.
- De onde é que vens? De casa - Onde é que estás? No bonde.
- Para onde vais? Não vês? Para a Repartição."

Fonte: http://clubedapoesia.com.br/V1/brasileiros/bramanoba.htm

SESSÃO ABERTURA DE NOVELA - O SALVADOR DA PÁTRIA

A novela O Salvador da Pátria foi apresentada pela Rede Globo no horário das 20h de 9 de janeiro a 12 de agosto de 1989.
O tema musical de abertura era Amarra o Teu Arado a uma Estrela, interpretado por Gilberto Gil.
Para maiores informações sobre a novela, favor acessar: www.teledramaturgia.com.br/tele/salvador.asp.
Boa diversão!

video

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=hM79dC1BWFs

LETRA

AMARRA O TEU ARADO A UMA ESTRELA

Se os frutos produzidos pela terra
Ainda não são
Tão doces e polpudos quanto as peras
Da tua ilusão
Amarra o teu arado a uma estrela
E os tempos darão
Safras e safras de sonhos
Quilos e quilos de amor
Noutros planetas risonhos
Outras espécies de dor

Se os campos cultivados neste mundo
São duros demais
E os solos assolados pela guerra
Não produzem a paz
Amarra o teu arado a uma estrela
E aí tu serás
O lavrador louco dos astros
O camponês solto nos céus
E quanto mais longe da terra
Tanto mais longe de Deus

Fonte: http://letras.mus.br/gilberto-gil/305506/

quarta-feira, 23 de abril de 2014

SESSÃO SAUDADE - BIBI VOGEL

Uma linhagem de grandes atores vai sumindo do nosso mundo televisivo, que fica cada vez mais pobre de talentos.
Uma atriz que merece ter seu nome nessa galeria de expressivos atores é Bibi Vogel.
Ela brilhou durante anos em telenovelas da Tupi e da Globo. Na Tupi, destacou-se em Nino, o Italianinho e A Fábrica. Depois, transferiu-se para a Rede Globo, onde atuou em Os Ossos do Barão; O Espigão; Bravo e Espelho Mágico, sua última novela naquela emissora. Em 1997, retornou à televisão em uma ponta na novela Chiquititas do SBT.
Para saber mais sobre a atriz, favor consultar: http://www.mulher500.org.br/acervo/biografia-detalhes.asp?cod=10.
Grato, Bibi, por sua elegância na arte de interpretar!
Descanse em paz!
Existem pouquíssimos vídeos da atriz na net, por isso, desde já pedimos desculpas pela ausência de vídeos longos que homenageassem com mais justiça seu talento. Selecionamos apenas um. Ele mostra uma participação sua no programa Satiricom da Rede Globo, em 1974, contracenando com Berta Loran. 

VÍDEO

video


SESSÃO HUMOR

- Mamãe, é Deus quem dá o pão de cada dia?
- É sim, minha filha!
- É o Papai Noel que traz presente?
- É, filha.
- Foi a cegonha que me trouxe?
- Claro, filha!
- Hum... Então, para que serve o papai?

Fonte: http://www.piadas.com.br/piadas/humor/o-papai.

terça-feira, 22 de abril de 2014

SESSÃO REMAKE MUSICAL - SEND IN THE CLOWNS - BARBRA STREISAND

A canção Send in the Clowns, que teve como um dos intérpretes Renato Russo, é apresentada no vídeo abaixo por Barbra Streisand.
Para ouvir a versão de Renato Russo, favor acessar: http://biscoitocafeenovela.blogspot.com.br/2014/04/sessao-tunel-do-tempo-musical-send-in.html.
Boa diversão!

video

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=T36xr8_Ha7I

LETRA

SEND IN THE CLOWNS

Isn't it rich, are we a pair?
Me here at last on the ground,
You in mid-air.
Send in the clowns.

Isn't it bliss, don't you approve?
One who keeps tearing around
One who can't move
Where are the clowns?
Send in the clowns.

Just when I'd stopped opening doors,
Finally knowing the one that I wanted was yours.
Making my entrance again with my usual flair,
Sure of my lines;
No one is there.

Don't you love farce?
My fault I fear,
I thought that you'd want what I want,
Sorry my dear
But where are the clowns
There ought to be clowns
Quick send in the clowns

What a surprise!
Who could foresee
I'd come to feel about you
What you felt about me?
Why only now when I see
That you've drifted away?
What a surprise...
What a cliche'...

Isn't it rich, isn't it queer
Losing my timing this late in my career
And where are the clowns
Quick send in the clowns
Don't bother, they're here.

TRADUÇÃO

Mandem Os Palhaços

Não é magnífico? Nós somos um par?
Eu aqui finalmente no chão
Você no meio do ar.
Mandem os palhaços!

Não é um êxtase? Você não concorda?
Um fica correndo por aí,
Um não consegue se mover.
Onde estão os palhaços?
Mandem os palhaços!

Logo quando eu havia parado de abrir portas,
Reconhecendo finalmente que o que eu queria era seu.
Fazendo minha aparição novamente com meu talento habitual,
Certo das minhas falas.
Ninguém está lá.

Você não ama uma farsa?
Minha culpa, eu presumo.
Eu pensei que você desejava o mesmo que eu,
Desculpe meu querido.
Mas onde estão os palhaços?
Devia haver palhaços.
Rápido, mandem os palhaços!

Que surpresa!
Quem poderia prever
Que eu viria a sentir por você
O que você sentiu por mim?
Por que somente agora, quando eu entendo
Que você se afastou?
Que surpresa!
Que clichê...

Não é magnífico? não é estranho?
Perder o jeito a esta altura da minha carreira?
E onde estão os palhaços?
Rápido, mandem os palhaços.
Não se preocupem: eles estão aqui.

Fonte da letra e da tradução: http://letras.mus.br/renato-russo/100320/traducao.html

SESSÃO TÚNEL DO TEMPO MUSICAL - SEND IN THE CLOWNS - RENATO RUSSO

A canção Send in the Clowns, interpretada por Renato Russo, fez parte da trilha sonora da novela Pátria Minha, apresentada pela Rede Globo no horário das 20h de 18 de julho de 1994 a 10 de março de 1995.
Para maiores informações sobre a novela, favor acessar: www.teledramaturgia.com.br/tele/patria.asp‎.
Boa diversão!

video


LETRA

SEND IN THE CLOWNS

Isn't it rich, are we a pair?
Me here at last on the ground,
You in mid-air.
Send in the clowns.

Isn't it bliss, don't you approve?
One who keeps tearing around
One who can't move
Where are the clowns?
Send in the clowns.

Just when I'd stopped opening doors,
Finally knowing the one that I wanted was yours.
Making my entrance again with my usual flair,
Sure of my lines;
No one is there.

Don't you love farce?
My fault I fear,
I thought that you'd want what I want,
Sorry my dear
But where are the clowns
There ought to be clowns
Quick send in the clowns

What a surprise!
Who could foresee
I'd come to feel about you
What you felt about me?
Why only now when I see
That you've drifted away?
What a surprise...
What a cliche'...

Isn't it rich, isn't it queer
Losing my timing this late in my career
And where are the clowns
Quick send in the clowns
Don't bother, they're here.

TRADUÇÃO

Mandem Os Palhaços

Não é magnífico? Nós somos um par?
Eu aqui finalmente no chão
Você no meio do ar.
Mandem os palhaços!

Não é um êxtase? Você não concorda?
Um fica correndo por aí,
Um não consegue se mover.
Onde estão os palhaços?
Mandem os palhaços!

Logo quando eu havia parado de abrir portas,
Reconhecendo finalmente que o que eu queria era seu.
Fazendo minha aparição novamente com meu talento habitual,
Certo das minhas falas.
Ninguém está lá.

Você não ama uma farsa?
Minha culpa, eu presumo.
Eu pensei que você desejava o mesmo que eu,
Desculpe meu querido.
Mas onde estão os palhaços?
Devia haver palhaços.
Rápido, mandem os palhaços!

Que surpresa!
Quem poderia prever
Que eu viria a sentir por você
O que você sentiu por mim?
Por que somente agora, quando eu entendo
Que você se afastou?
Que surpresa!
Que clichê...

Não é magnífico? não é estranho?
Perder o jeito a esta altura da minha carreira?
E onde estão os palhaços?
Rápido, mandem os palhaços.
Não se preocupem: eles estão aqui.

Fonte da letra e da tradução: http://letras.mus.br/renato-russo/100320/traducao.html