terça-feira, 31 de março de 2015

SESSÃO REMAKE MUSICAL - MOÇA CRIANÇA - NALDO CANDIÁ

A canção Moça Criança, originalmente interpretada por Agepê, é apresentada no vídeo abaixo por Naldo Candiá.
Para ouvir a versão original, favor acessar: http://biscoitocafeenovela.blogspot.com.br/2015/03/sessao-tunel-do-tempo-musical-moca.html.
Boa diversão!

video


LETRA

MOÇA CRIANÇA

O seu andar tem jeito de moça criança
A sua trança negra tem fita amarela
Me amarro nela,pelo seu olhar
Me ligo no sorriso dela
Que faz a minha tristeza ter fim
Me amarro nela,pelo seu olhar
Me ligo no sorriso dela
Que faz a minha tristeza ter fim
Ai! Quem me dera se ela gostasse de mim
Eu seria seu, dando o meu melhor amor
Por toda vida milhões de alegrias teriam de ser
Diferente a gente iria viver
Mas pra que sonhar, viver no mundo de esperança
Se ela é que nem criança, usa trança
E não quer me amar

Fonte: http://letras.mus.br/agepe/168715/

SESSÃO TÚNEL DO TEMPO MUSICAL - MOÇA CRIANÇA - AGEPÊ

A canção Moça Criança, interpretada por Agepê, fez parte da trilha sonora da primeira versão da novela A Viagem, apresentada pela Rede Tupi no horário das 20h de 1 de outubro de 1975 a 27 de março de 1976.
Para maiores informações sobre a novela, favor acessar: www.teledramaturgia.com.br/tele/viagem75.asp.
Boa diversão!

video


LETRA

MOÇA CRIANÇA

O seu andar tem jeito de moça criança
A sua trança negra tem fita amarela
Me amarro nela,pelo seu olhar
Me ligo no sorriso dela
Que faz a minha tristeza ter fim
Me amarro nela,pelo seu olhar
Me ligo no sorriso dela
Que faz a minha tristeza ter fim
Ai! Quem me dera se ela gostasse de mim
Eu seria seu, dando o meu melhor amor
Por toda vida milhões de alegrias teriam de ser
Diferente a gente iria viver
Mas pra que sonhar, viver no mundo de esperança
Se ela é que nem criança, usa trança
E não quer me amar

Fonte: http://letras.mus.br/agepe/168715/

segunda-feira, 30 de março de 2015

SESSÃO RETRÔ - VARIEDADES - O PLANETA DOS HOMENS

A reportagem abaixo pertence à revista Amiga TV Tudo nr. 302, publicada em 03 de março de 1976.
Para maiores informações sobre o programa a que se refere a matéria, favor consultar: http://memoriaglobo.globo.com/programas/entretenimento/humor/o-planeta-dos-homens.htm.
Para ler esta ou outra matéria em tamanho maior, caso use o Explorer ou Chrome, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir link em uma nova guia". Na nova guia, clique com o botão esquerdo do mouse e, pronto, terá acesso a uma ampliação da página. Caso o navegador seja o Firefox, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir em nova aba". Em seguida, proceda como no caso dos dois outros navegadores citados.
Boa leitura!


SESSÃO RETRÔ - NOVELAS - PECADO CAPITAL (PRIMEIRA VERSÃO) - PRIMEIRA PARTE

A partir desta semana, publicaremos toda segunda-feira uma reportagem sobre a primeira versão da novela Pecado Capital, apresentada pela Rede Globo no horário das 20h de 24 de novembro de 1975 a 05 de junho de 1976.
As matérias foram publicadas na revista Amiga – Especial Pecado Capital, que foi às bancas em junho de 1976.
Para saber mais sobre essa novela, favor consultar: www.teledramaturgia.com.br/tele/pecado75.asp.
Na semana que vem tem mais.
Acompanhem!
Para ler esta ou outra matéria em tamanho maior, caso use o Explorer ou Chrome, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir link em uma nova guia". Na nova guia, clique com o botão esquerdo do mouse e, pronto, terá acesso a uma ampliação da página. Caso o navegador seja o Firefox, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir em nova aba". Em seguida, proceda como no caso dos dois outros navegadores citados.
Boa leitura!




sábado, 28 de março de 2015

PARA MEDITAR



SESSÃO FOTONOVELA - ELAS POR ELAS

A fotonovela abaixo pertence à revista Amiga TV Tudo nr. 334, publicada em 13 de outubro de 1976.
Para ler esta ou outra matéria em tamanho maior, caso use o Explorer ou Chrome, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir link em uma nova guia". Na nova guia, clique com o botão esquerdo do mouse e, pronto, terá acesso a uma ampliação da página. Caso o navegador seja o Firefox, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir em nova aba". Em seguida, proceda como no caso dos dois outros navegadores citados.
Boa leitura!











sexta-feira, 27 de março de 2015

SESSÃO CAPAS E PÔSTERES

A capa pertence à revista Amiga TV Tudo nr. 334, publicada em 13 de outubro de 1976.
Já o pôster à revista Amiga TV Tudo nr. 302, publicada em 03 de março de 1976.
Boa diversão!



SESSÃO FOTO QUIZ

A foto da semana passada pertence ao cantor Jerry Adriani.
Agora tentem descobrir quem é o garoto da foto.
Eis algumas pistas:
1) Este cantor, violinista e compositor, já falecido, nasceu no interior da Bahia no ano de 1931.
2) Fez parte do movimento musical da bossa nova.
3) Com um som original e moderno, levou nossa música para os Estados Unidos, a Europa e o Japão.
Boa diversão!


quinta-feira, 26 de março de 2015

SESSÃO LEITURA - AS PENAS DO AMOR - WILLIAM BUTLER YEATS

O texto abaixo é da autoria do poeta irlandês William Butler Yeats com tradução para o português de André Carlos Salzano Masini.
Para maiores informações sobre o autor, favor acessar: http://www.algosobre.com.br/biografias/william-butler-yeats.html.
Boa leitura!

AS PENAS DO AMOR

Sobre os telhados a algazarra dos pardais,
Redonda e cheia a lua - e céu de mil estrelas,
E as folhas sempre a murmurar seus recitais,
Haviam afastado o mundo e suas mazelas.

Então chegaram teus soturnos lábios rosas,
E junto a eles todas lágrimas da terra,
E o drama dos navios em águas tempestuosas
E o drama dos milhares de anos que ela encerra.

E agora, no telhado a guerra dos pardais,
A lua pálida, e no céu brancas estrelas,
De inquietas folhas, cantilenas sempre iguais,
Estão tremendo - sob o mundo e suas mazelas.

Fonte: http://www.casadacultura.org/Literatura/Traducoes/poes01/sorrow_love_masini.html

SESSÃO ABERTURA DE NOVELA - MEMÓRIAS DE AMOR

A novela Memórias de Amor foi apresentada pela Rede Globo no horário das 18h de 5 de março a 2 de junho de 1979.
O tema musical de abertura era Jura Secreta, interpretado por Simone.
Para maiores informações sobre a novela, favor acessar: www.teledramaturgia.com.br/tele/memoriasamor.asp.
Boa diversão!

video


LETRA

JURA SECRETA

Só uma coisa me entristece
O beijo de amor que não roubei
A jura secreta que não fiz
A briga de amor que não causei

Nada do que posso me alucina
Tanto quanto o que não fiz
Nada do que eu quero me suprime
De que por não saber ainda não quis

Só uma palavra me devora
Aquela que meu coração não diz
Só o que me cega, o que me faz infeliz
É o brilho do olhar que não sofri
Só uma palavra me devora
Aquela que meu coração não diz
Só o que me cega, o que me faz infeliz
É o brilho do olhar que não sofri

Só uma coisa me entristece
O beijo de amor que não roubei
A jura secreta que não fiz
A briga de amor que não causei

Nada do que posso me alucina
Tanto quanto o que não fiz
Nada do que eu quero me suprime
De que por não saber ainda não quis

Só uma palavra me devora
Aquela que meu coração não diz
Só o que me cega, o que me faz infeliz
É o brilho do olhar que não sofri
Só uma palavra me devora
Aquela que meu coração não diz
Só o que me cega, o que me faz infeliz
É o brilho do olhar que não sofri

Fonte: http://letras.mus.br/simone/297864/

quarta-feira, 25 de março de 2015

SESSÃO SAUDADE - CLÁUDIO MARZO

Cada vez que morre um artista ou uma pessoa conhecida nossa, é como se um pedaço de nossa vida fosse retirado.
Triste este começo de ano com a perda de tanta gente conhecida e talentosa como Zé Rico e Inezita Barroso.
Agora, perdemos mais um dos talentosos atores que fizeram a história da televisão brasileira. Trata-se de Cláudio Marzo. A família dos personagens Coragem sofre nova baixa após a perda do também talentoso Cláudio Cavalcanti.
O que dizer de Cláudio Marzo? É um daqueles atores que sabiam representar e muito bem, como hoje já não se encontram mais. Prova disso são os marcantes papéis de sua carreira, como: Marcelo (Véu de Noiva), Humberto (Carinhoso), José Leôncio (Pantanal), dentre outros.
Obrigado por ter nos brindado durante tantos anos com seu imenso talento!
Descanse em paz!
Com o objetivo de homenageá-lo, reproduzimos abaixo vídeo com reportagem do programa Mulheres da TV Gazeta de São Paulo, que relembra a trajetória do ator.

video

SESSÃO HUMOR

A professora pergunta para o Joãozinho:
- Joãozinho, quanto é um menos um.
- Não sei, fessora.
-Bom, vamos fazer um exemplo: eu tenho uma manga, se eu como essa manga, o que sobra?
- O caroço.

terça-feira, 24 de março de 2015

SESSÃO REMAKE MUSICAL - SON OF MY FATHER - CHICORY TIP

A canção Son of My Father, que teve como intérprete original Giorgio, é apresentada no vídeo abaixo pelo conjunto Chicory Tip.
Para ouvir a versão original, favor acessar: http://biscoitocafeenovela.blogspot.com.br/2015/03/sessao-tunel-do-tempo-musical-son-of-my.html.
Boa diversão!

video


LETRA

Son Of My Father

Father said to me we gotta have your life run night
off you got to school where you can learn the rules there right
be just like your dad lad
follow in the same tradition
never go astray and stay an honest lovin' son.

Son of my father
moulded I was folded I was preform-packed
son of my father
commanded I was branded in a plastic vac'
surrounded and confounded by statistic facts.

Tried to keep me in but jumped out of my skin in time
I saw thru the lies and read the alibi signs
so I left my home I'm relly on my own at last
left the trodden path and separated from the past.

Son of my father
changing rearranging into someone new
son of my father
collecting and selecting independant views
knowing and I'm showing that a change is due.

Son of my father
moulded I was folded…

Son of my father
moulded I was folded…

TRADUÇÃO

O pai me disse: queremos que sua vida siga bem
Você deve ir à escola     onde pode aprender lições que sejam certas
Para ser justamente como seu paizinho, rapaz
Seguindo a mesma tradição
Nunca mentir e ser um honesto e adorável filho.

Filho de meu pai
Moldado, eu estava dominado e de saco cheio
Filho de meu pai
Comandado, protegido numa bolha de plástico
Cercado e confuso pelos fatos ocorridos

Tentei me encontrar e certa vez pulei fora de mim
Via pelas mentiras e sentia os sinais de desculpas
Deixei minha casa pois estava meio perdido
Deixei o caminho marcado e me separei do passado

Filho de meu pai
Mudando, refazendo um alguém diferente
Filho de meu pai
Colhendo e selecionando opiniões diferentes
Conhecendo e mostrando que uma mudança é necessária.

Filho de meu pai
Moldado, eu estava dominado...

Filho de meu pai
Moldado, eu estava dominado...



SESSÃO TÚNEL DO TEMPO MUSICAL - SON OF MY FATHER - GIORGIO

A canção Son of My Father, interpretada por Giorgio, fez parte da trilha sonora da primeira versão de Selva de Pedra, apresentada pela Rede Globo no horário das 20h de 12 de abril de 1972 a 23 de janeiro de 1973.
Para maiores informações sobre a novela, favor consultar: www.teledramaturgia.com.br/tele/selva72.asp.
Boa diversão!

video


LETRA

Son Of My Father

Father said to me we gotta have your life run night
off you got to school where you can learn the rules there right
be just like your dad lad
follow in the same tradition
never go astray and stay an honest lovin' son.

Son of my father
moulded I was folded I was preform-packed
son of my father
commanded I was branded in a plastic vac'
surrounded and confounded by statistic facts.

Tried to keep me in but jumped out of my skin in time
I saw thru the lies and read the alibi signs
so I left my home I'm relly on my own at last
left the trodden path and separated from the past.

Son of my father
changing rearranging into someone new
son of my father
collecting and selecting independant views
knowing and I'm showing that a change is due.

Son of my father
moulded I was folded…

Son of my father
moulded I was folded…

TRADUÇÃO

O pai me disse: queremos que sua vida siga bem
Você deve ir à escola     onde pode aprender lições que sejam certas
Para ser justamente como seu paizinho, rapaz
Seguindo a mesma tradição
Nunca mentir e ser um honesto e adorável filho.

Filho de meu pai
Moldado, eu estava dominado e de saco cheio
Filho de meu pai
Comandado, protegido numa bolha de plástico
Cercado e confuso pelos fatos ocorridos

Tentei me encontrar e certa vez pulei fora de mim
Via pelas mentiras e sentia os sinais de desculpas
Deixei minha casa pois estava meio perdido
Deixei o caminho marcado e me separei do passado

Filho de meu pai
Mudando, refazendo um alguém diferente
Filho de meu pai
Colhendo e selecionando opiniões diferentes
Conhecendo e mostrando que uma mudança é necessária.

Filho de meu pai
Moldado, eu estava dominado...

Filho de meu pai
Moldado, eu estava dominado...

segunda-feira, 23 de março de 2015

SESSÃO RETRÔ - VARIEDADES - EMÍLIO SANTIAGO

A reportagem abaixo pertence à revista Amiga TV Tudo nr. 334, publicada em 13 de outubro de 1976.
Para ler esta ou outra matéria em tamanho maior, caso use o Explorer ou Chrome, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir link em uma nova guia". Na nova guia, clique com o botão esquerdo do mouse e, pronto, terá acesso a uma ampliação da página. Caso o navegador seja o Firefox, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir em nova aba". Em seguida, proceda como no caso dos dois outros navegadores citados.
Boa leitura!


SESSÃO RETRÔ - COMERCIAIS - CERA DOMINÓ (1956)

video

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=Re9jzWxf15w