quarta-feira, 30 de novembro de 2016

SESSÃO SAUDADE - ANKITO

O Brasil é um celeiro tão grande de humoristas, que, às vezes, alguns caem no esquecimento, como o nosso homenageado dessa semana. Estamos falando de Ankito, humorista que se destacou principalmente no cinema, nas chanchadas (comédias leves) da companhia cinematográfica Atlântida, mas teve passagem também pela televisão, embora com menos destaque.
Ankito destaca-se como um dos grandes humoristas da velha geração, que fazia humor sem agredir ninguém, como alguns da nova geração.
Obrigado, Ankito, por nos fazer ir com seu humor ingênuo!
Descanse em paz!
Para maiores informações sobre esse artista, favor acessar: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ankito.
Como forma de homenageá-lo, destacamos abaixo três vídeos. O primeiro é uma participação sua no filme Pé na Tábua (1957), interpretando um divertido motorista de ônibus e contracenando com Grande Otelo e Renata Fronzi. O segundo, parte do programa Escolinha do Golias (1991) do SBT, traz o ator no papel de um desastrado funcionário da escola, ao lado de Thaís de Andrade e Paulo Hesse.

PRIMEIRO VÍDEO


Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=jAdm4dA_prM

SEGUNDO VÍDEO


Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=gtpYtOuR860&t=46s

SESSÃO HUMOR

Um homem volta para casa, muito tarde, com o cabelo todo despenteado e a cara cheia de batom e pó-de-arroz.
A mulher, com ar de zangada, pergunta-lhe:
- O que andou fazendo?
Ao que o homem responde:
- Você não vai acreditar, mas acabei de brigar com um palhaço!

terça-feira, 29 de novembro de 2016

SESSÃO REMAKE MUSICAL - BESAME MUCHO - THE ROYAL PHILARMONIC ORCHESTRA

A canção Besame Mucho, que teve como um dos intérpretes Ray Conniff and Orchestra, é apresentada no vídeo abaixo por The Royal Philarmonic Orchestra.
Boa diversão!



SESSÃO TÚNEL DO TEMPO MUSICAL - BESAME MUCHO - RAY CONNIFF AND ORCHESTRA

A canção Besame Mucho, interpretada por Ray Conniff and Orchestra, fez parte da novela Escalada, apresentada pela Rede Globo no horário das 20h de 6 de janeiro a 26 de agosto de 1975.
Para maiores informações sobre a novela, favor acessar: http://www.teledramaturgia.com.br/escalada/.
Boa diversão!



segunda-feira, 28 de novembro de 2016

SESSÃO RETRÔ - VARIEDADES - ARNAUD RODRIGUES

A reportagem abaixo foi publicada na revista Amiga TV Tudo nr. 274, que foi às bancas em 20 de agosto de 1975.
Para ler esta ou outra matéria em tamanho maior, caso use o Explorer ou Chrome, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir link em uma nova guia". Na nova guia, clique com o botão esquerdo do mouse e, pronto, terá acesso a uma ampliação da página. Caso o navegador seja o Firefox, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir em nova aba". Em seguida, proceda como no caso dos dois outros navegadores citados.
Boa diversão!



SESSÃO RETRÔ - NOVELAS - O ASTRO (PRIMEIRA VERSÃO) - NONA PARTE

Publicaremos a cada semana uma ou mais páginas de uma reportagem especial sobre a primeira versão da novela O Astro, que foi apresentada pela Rede Globo no horário das 20h de 6 de dezembro de 1977 a 8 de julho de 1978. O material aqui postado faz parte da revista Sétimo Céu – Série Amor nr. 68, publicada em junho de 1978.
Para saber mais sobre essa novela, favor consultar: http://www.teledramaturgia.com.br/o-astro-1977/.
Na semana que vem tem mais.
Acompanhem!
Para ler esta ou outra matéria em tamanho maior, caso use o Explorer ou Chrome, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir link em uma nova guia". Na nova guia, clique com o botão esquerdo do mouse e, pronto, terá acesso a uma ampliação da página. Caso o navegador seja o Firefox, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir em nova aba". Em seguida, proceda como no caso dos dois outros navegadores citados.
Boa leitura!




sábado, 26 de novembro de 2016

PARA MEDITAR



SESSÃO FOTONOVELA - IRONIA DA SORTE

A fotonovela abaixo pertence à revista Amiga TV Tudo nr. 322, publicada em 21 de julho de 1976.
Para ler esta ou outra matéria em tamanho maior, caso use o Explorer ou Chrome, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir link em uma nova guia". Na nova guia, clique com o botão esquerdo do mouse e, pronto, terá acesso a uma ampliação da página. Caso o navegador seja o Firefox, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir em nova aba". Em seguida, proceda como no caso dos dois outros navegadores citados.
Boa leitura!











sexta-feira, 25 de novembro de 2016

SESSÃO CAPAS E PÔSTERES

A capa pertence à revista Amiga TV Tudo nr. 322, publicada em 21 de julho de 1976.
Já o pôster é parte da revista Ilusão nr. 310, publicada em 26/01/79.
Boa diversão!



SESSÃO FOTO QUIZ

A foto da semana passada pertence ao ator e dublador Ênio Santos.
Agora tentem descobrir quem é o homem da foto.
Eis algumas pistas:
1) Este ator, já falecido, nasceu na capital carioca no ano de 1926.
2) Estreou em telenovelas em A Sombra de Rebeca, na TV Globo no ano de 1967.
3) Participou de novelas como Pigmalião 70, O Cafona e O Grito, todas na TV Globo.
Boa diversão!


quinta-feira, 24 de novembro de 2016

SESSÃO LEITURA - POEMA PERTO DO FIM - THIAGO DE MELLO

O poema abaixo é de autoria de Thiago de Mello.
Para maiores informações sobre o autor, favor acessar: http://www.escritas.org/pt/bio/thiago-de-mello.
Boa leitura!

POEMA PERTO DO FIM

A morte é indolor.
O que dói nela é o nada
que a vida faz do amor.
Sopro a flauta encantada
e não dá nenhum som.
Levo uma pena leve
de não ter sido bom.
E no coração, neve.

SESSÃO ABERTURA DE NOVELA - IMPÉRIO

A novela Império foi apresentada pela Rede Globo no horário das 21h de 21 de julho de 2014 a 14 de março de 2015.
O tema musical de abertura era Lucy in the Sky with Diamonds, interpretada por Dan Torres.
Para maiores informações sobre a novela, favor acessar: http://www.teledramaturgia.com.br/imperio/.
Boa diversão!



LETRA

LUCY IN THE SKY WITH DIAMONDS

Picture yourself in a boat on a river
With tangerine trees and marmalade skies
Somebody calls you, you answer quite slowly
A girl with kaleidoscope eyes

Cellophane flowers of yellow and green
Towering over your head
Look for the girl with the sun in her eyes
And she's gone

Lucy in the sky with diamonds
Lucy in the sky with diamonds
Lucy in the sky with diamonds

Follow her down to a bridge by a fountain
Where rocking horse people
Eat marshmallow pies
Everyone smiles as you drift past the flowers
That grow so incredibly high

Newspaper taxis appear on the shore
Waiting to take you away
Climb in the back with your head in the clouds
And you're gone

Lucy in the sky with diamonds
Lucy in the sky with diamonds
Lucy in the sky with diamonds

Picture yourself on a train in a station
With plasticine porters with looking glass ties
Suddenly, someone is there at the turnstile
The girl with kaleidoscope eyes

Lucy in the sky with diamonds
Lucy in the sky with diamonds
Lucy in the sky with diamonds

Lucy in the sky with diamonds
Lucy in the sky with diamonds
Lucy in the sky with diamonds

Lucy in the sky with diamonds
Lucy in the sky with diamonds
Lucy in the sky with diamonds

TRADUÇÃO

LUCY NO CÉU COM DIAMANTES

Imagine-se em um barco em um rio
com pés de tangerina e céus laranja
Alguém te chama, você responde muito lentamente
Uma menina com olhos de caleidoscópio

Flores de celofane de amarelo e verde
Elevando-se sobre a sua cabeça
Procure a menina com o sol em seus olhos
E ela se foi

Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes

Sigo-a até uma ponte perto de uma fonte
Onde as pessoas em cavalos de balanço
Comem tortas de marshmallow
Todo mundo sorri enquanto você passa pelas flores
Que crescem incrivelmente altas

Táxis feitos de jornal aparecem na costa
Esperando para te levar embora
subo no banco de trás com a cabeça nas nuvens
E você se foi

Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes

Imagine-se em um trem em uma estação
Com carregadores de massinha e gravatas de espelho
De repente, alguém está lá na catraca
A menina com olhos de caleidoscópio

Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes

Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes

Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

SESSÃO SAUDADE - ELIANA MACEDO

O tempo apaga da memória das pessoas o nome de muitos artistas que contribuíram para a arte.
Como sempre destacamos, o principal objetivo da Sessão Saudade é trazer à baila o nome de muitos artistas esquecidos.
É o caso de nossa homenageada da semana: a atriz de cinema Eliana Macedo.


Fonte: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/pt/thumb/5/53/Eliana_Macedo_FB_0536_002.jpg/240px-Eliana_Macedo_FB_0536_002.jpg

Eliana brilhou em muitos musicais da produtora cinematográfica Atlântida, principalmente na década de 50.
Grato, Eliana Macedo, por ter representado de forma tão graciosa a mocinha em deliciosos musicais do velho cinema brasileiro!
Descanse em paz!
Para saber mais sobre essa artista, favor acessar: https://pt.wikipedia.org/wiki/Eliana_Macedo.
Com o objetivo de homenageá-la, reproduzimos abaixo dois vídeos. O primeiro é um número musical do filme Aviso aos Navegantes (1950) em que interpreta a canção Beijinho Doce ao lado da parceira Adelaide Chiozzo. O segundo traz sua participação no filme Maria 38 (1959), contracenando com ator mirim Marinho (Mário Motta), John Herbert e Herval Rossano.

PRIMEIRO VÍDEO



LETRA

BEIJINHO DOCE

Que beijinho doce
Que ele tem
Depois que beijei ele
Nunca mais amei ninguém

Que beijinho doce foi ele quem trouxe
De longe pra mim

Um abraço apertado
Um suspiro dobrado
Que amor sem fim

Coração quem manda
Quando a gente ama
Quando estou junto dele
Sem dar um beijinho
Coração reclama!


SEGUNDO VÍDEO



SESSÃO HUMOR

A sogra do Ditão é uma verdadeira baleia. E ele não perde a chance:
– Puxa vida! Não é que essa história de regime funciona mesmo? A gente vê que a senhora está emagrecendo!
– Tô perdendo três quilos por semana! – mente a velha.
– Que beleza! Quem sabe daqui a um ano a senhora some de vez!

Fonte com modificações: http://www.piadascurtas.com.br/uma-baleia/.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

SESSÃO REMAKE MUSICAL - OLHOS NOS OLHOS - LUCY ALVES

A canção Olhos nos Olhos, que teve como um dos intérpretes Maria Bethânia, é apresentada no vídeo abaixo por Lucy Alves.
Boa diversão!



LETRA

OLHOS NOS OLHOS

Quando você me deixou, meu bem
Me disse pra ser feliz e passar bem
Quis morrer de ciúme, quase enlouqueci
Mas depois, como era de costume, obedeci

Quando você me quiser rever
Já vai me encontrar refeita, pode crer
Olhos nos olhos, quero ver o que você faz
Ao sentir que sem você eu passo bem demais

E que venho até remoçando
Me pego cantando
Sem mas nem por que
E tantas águas rolaram
Tantos homens me amaram
Bem mais e melhor que você

Quando talvez precisar de mim
'Cê sabe que a casa é sempre sua, venha sim
Olhos nos olhos, quero ver o que você diz
Quero ver como suporta me ver tão feliz


SESSÃO TÚNEL DO TEMPO MUSICAL - OLHOS NOS OLHOS - MARIA BETHÂNIA

A canção Olhos nos Olhos, interpretada por Maria Bethânia, fez parte da trilha sonora da novela Tchan, a Grande Sacada, apresentada pela Rede Tupi no horário das 19h de 29 de novembro de 1976 a 4 de junho de 1977.
Para maiores informações sobre a novela, favor acessar: http://www.teledramaturgia.com.br/tchan-a-grande-sacada/.
Boa diversão!



LETRA

OLHOS NOS OLHOS

Quando você me deixou, meu bem
Me disse pra ser feliz e passar bem
Quis morrer de ciúme, quase enlouqueci
Mas depois, como era de costume, obedeci

Quando você me quiser rever
Já vai me encontrar refeita, pode crer
Olhos nos olhos, quero ver o que você faz
Ao sentir que sem você eu passo bem demais

E que venho até remoçando
Me pego cantando
Sem mas nem por que
E tantas águas rolaram
Tantos homens me amaram
Bem mais e melhor que você

Quando talvez precisar de mim
'Cê sabe que a casa é sempre sua, venha sim
Olhos nos olhos, quero ver o que você diz
Quero ver como suporta me ver tão feliz


segunda-feira, 21 de novembro de 2016

SESSÃO RETRÔ - VARIEDADES - OLNEI CAZARRÉ

A reportagem abaixo foi publicada na revista Amiga TV Tudo nr. 274, que foi às bancas em 20 de agosto de 1975.
Para ler esta ou outra matéria em tamanho maior, caso use o Explorer ou Chrome, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir link em uma nova guia". Na nova guia, clique com o botão esquerdo do mouse e, pronto, terá acesso a uma ampliação da página. Caso o navegador seja o Firefox, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir em nova aba". Em seguida, proceda como no caso dos dois outros navegadores citados.
Boa diversão!


SESSÃO RETRÔ - NOVELAS - O ASTRO (PRIMEIRA VERSÃO) - OITAVA PARTE

Publicaremos a cada semana uma ou mais páginas de uma reportagem especial sobre a primeira versão da novela O Astro, que foi apresentada pela Rede Globo no horário das 20h de 6 de dezembro de 1977 a 8 de julho de 1978. O material aqui postado faz parte da revista Sétimo Céu – Série Amor nr. 68, publicada em junho de 1978.
Para saber mais sobre essa novela, favor consultar: http://www.teledramaturgia.com.br/o-astro-1977/.
Na semana que vem tem mais.
Acompanhem!
Para ler esta ou outra matéria em tamanho maior, caso use o Explorer ou Chrome, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir link em uma nova guia". Na nova guia, clique com o botão esquerdo do mouse e, pronto, terá acesso a uma ampliação da página. Caso o navegador seja o Firefox, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir em nova aba". Em seguida, proceda como no caso dos dois outros navegadores citados.
Boa leitura!


sábado, 19 de novembro de 2016

PARA MEDITAR



SESSÃO FOTONOVELA - HISTÓRIA DE AMOR

A fotonovela abaixo pertence à revista Amiga TV Tudo nr. 283, publicada em 22 de outubro de 1975.
Para ler esta ou outra matéria em tamanho maior, caso use o Explorer ou Chrome, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir link em uma nova guia". Na nova guia, clique com o botão esquerdo do mouse e, pronto, terá acesso a uma ampliação da página. Caso o navegador seja o Firefox, clique sobre a figura com o botão direito do mouse e selecione a opção "abrir em nova aba". Em seguida, proceda como no caso dos dois outros navegadores citados.
Boa leitura!















sexta-feira, 18 de novembro de 2016

SESSÃO CAPAS E PÔSTERES

A capa pertence à revista Amiga TV Tudo nr. 283, publicada em 22 de outubro de 1975.
Já o pôster é parte da revista Ilusão nr. 310, publicada em 26/01/79.
Boa diversão!



SESSÃO FOTO QUIZ

A foto da semana passada pertence à cantora Fafá de Belém.
Agora tentem descobrir quem é o rapaz da foto.
Eis algumas pistas:
1) Este ator e dublador, já falecido, nasceu na capital gaúcha no ano de 1922.
2) Estreou em telenovelas em Anastácia, a Mulher sem Destino, na TV Globo no ano de 1967.
3) Participou de novelas como Véu de Noiva e O Semideus, na Rede Globo e Os Imigrantes, na Rede Bandeirantes.
Boa diversão!


quinta-feira, 17 de novembro de 2016

SESSÃO LEITURA - A VÍRGULA NÃO FOI FEITA PARA HUMILHAR NINGUÉM - JOSÉ CÂNDIDO DE CARVALHO

O texto abaixo é da autoria de José Cândido de Carvalho.
Para maiores informações sobre o autor, favor acessar: https://www.ebiografia.com/jose_candido_de_carvalho/.
Boa leitura!

VÍRGULA NÃO FOI FEITA PARA HUMILHAR NINGUÉM

Era Borjalino Ferraz e perdeu o primeiro emprego na Prefeitura de Macajuba por coisas de pontuação. Certa vez, o diretor do Serviço de Obras chamou o amanuense para uma conversa de fim de expediente. E aconselhativo:
– Seu Borjalino, tenha cuidado com as vírgulas. Desse jeito, o amigo acaba com o estoque e a comarca não tem dinheiro para comprar vírgulas novas.
Fez outros ofícios, semeou vírgulas empenadas por todos os lados e foi despedido. Como era sujeito de brio, tomou aulas de gramática, de modo a colocar as vírgulas em seus devidos lugares. Estudou e progrediu. Mais do que isso, saiu das páginas da gramática escrevendo bonito, com rendilhados no estilo. Cravava vírgulas e crases como ourives crava as pedras. O que fazia o coletor federal Zozó Laranjeira apurar os óculos e dizer com orgulho:
– Não tem como o Borjalino para uma vírgula e mesmo para uma crase. Nem o presidente da República!
E assim, um porco-espinho de vírgulas e crases, Borjalino foi trabalhar, como escriturário, na Divisão de Rendas de São Miguel do Cupim. Ficou logo encarregado dos ofícios, não só por ter prática de escrever como pela fama de virgulista. Mas, com dois meses de caneta, era despedido. O encarregado das Rendas, funcionário sem vírgulas e sem crases, foi franco:
– Seu Borjalino, sua competência é demais para repartição tão miúda. O amigo é um homem de instrução. É um dicionário. Quando o contribuinte recebe um ofício de sua lavra cuida que é ordem de prisão. O coronel Balduíno dos Santos quase teve um sopro no coração ao ler uma peça saída de sua caneta. Pensou que fosse ofensa, pelo que passou um telegrama desaforado ao Senhor Governador do Estado. Veja bem! O Senhor Governador.
E por colocar bem as vírgulas e citar Nabucodonosor em ofício de pequena corretagem, o esplêndido Borjalino foi colocado à disposição do olho da rua. Com uma citação no Diário Oficial e duas gramáticas debaixo do braço.